APLICAÇÕES PRÁTICAS DOS FOTORMÔNIOS

 Na agricultura são empregados fitormônios, especialmente os sintéticos, com finalidades como impedimento da queda dos frutos, retardamento do envelhecimento de verduras, estimulação da germinação de sementes, indução de frutos sem sementes, promoção de desfolhamento e controle de floração.

A pulverização das laranjeiras com auxima evita a queda prematura dos frutos, melhorando o rendimento da colheita.

As folhas, ao envelhecerem, ficam amarelas e murchas, a aplicação de citocimina a certas verduras retarda o envelhecimento, melhorando a sua aparência.

Para estimular germinação e o crescimento de plântulas de cevada, melhorando a produção do malte, usa-se pulverizá-la com giberelinas.

Auxinas e giberelinas também induzem a formação de frutos sem sementes, aumentando o rendimento.

O ácido abscísico, aplicado no algodoeiro, provoca a queda das folhas, facilitando a colheita.

Em certas espécies, a pulverização com auxina sintética provoca a floração simultânea e conseqüentemente a maturação, numa mesma época, de toda plantação.

 

RESPONDA

1) Cite duas vantagens na aplicação de hormônios vegetais.

2) Faça uma relação entre os fotormônios e o comércio de vegetais.

© 2009 Todos os direitos reservados.

Crie um site gratuitoWebnode